TCE

Pretensa “farra” com o dinheiro público derruba a presidente da Embratur

O Presidente da República Federativa do Brasil, Jair Bolsonaro, acertou mais uma.

Demitiu Teté Bezerra, a já ex-Presidente da Embratur, ao saber que ela iria, destacamos, iria, realizar um jantar ao custo de R$ 290.000,00 (duzentos e noventa mil reais), logicamente, a serem pagos com recursos públicos, ou seja, custeado pelo bolso dos contribuintes.

Teté era indicada pelo PMDB e é esposa do Deputado Carlos Bezerra, também do PMDB.

Onde tem boca, cargo, farra com recursos públicos e fisiologismo, contem-nos uma novidade, se lá não está o Partido dos Mamadores do Brasil.

Bolsonaro acertou mais uma.

Marcou um golaço ao demitir Teté e ainda deu a letra:

- "Isso é um escárnio, um deboche para com o brasileiro".

Tchau, tchau Teté.

Agora é só começar a fazer as ligações e cancelar os convites realizados.

Os cofres públicos agradecem e os bolsos dos cidadãos de bem do Brasil ainda mais.

Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

Comentários