Haddad, após condenação por Fake News, diz que é Bolsonaro quem "rasga a Constituição”

O petista Fernando Haddad, após sua condenação por disseminação de Fake News nas eleições presidenciais, ressurgiu, mas não teve a hombridade de se manifestar sobre o ataque que cometeu contra a democracia, devidamente repreendido na sentença exarada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ao contrário, voltou a atacar o Presidente da República.

O ‘poste’ do presidiário Lula, desta vez acusou Bolsonaro de ter “rasgado a Constituição”, em razão da divulgação de, segundo ele, um ‘vídeo pró-golpe’.

Para Haddad, a atitude constitui ‘um verdadeiro crime contra a democracia’.

É um cara de pau!

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários