Kajuru volta a atacar o “dragão do Judiciário” e recebe 214 ligações de parlamentares (Veja o Vídeo)

Gilmar Mendes, na definição de um servidor do Supremo Tribunal Federal (STF), que pediu para não ser identificado, “está babando de ódio”.

E o ódio aumenta diariamente, porque Kajuru é ‘impertinente’.

Gilmar já percebeu e não mais pronunciou o nome de Kajuru, não falou mais no ‘pedido de providências’ que requereu a Dias Toffoli, certamente no afã de que o adversário iniciasse uma trégua.

Ledo engano. O senador é incansável. Do tipo que não desiste nunca e que quando entra numa briga, vai até o final, custe o que custar, doa a quem doer.

Em nova intervenção nesta quarta-feira (3), Jorge Kajuru tratou Gilmar com um novo codinome e aumentou o tom dos ataques: “Dragão do Judiciário”.

Terminado o discurso, recebeu 214 telefonemas de outros parlamentares do Congresso Nacional, que consideraram esse o melhor de todos nas 42 sessões da atual legislatura.

Abaixo, um pequeno trecho:

da Redação

Comentários