Por diminuição de pena, Lula usa tese de Moro para reverter condenação

Conforme divulgado pelo site da revista Época, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva busca uma estratégia ousada para poder sair da cadeia. A defesa do petista protocolou um novo recurso para que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgue seu pedido de liberdade mediante uma tese criada em 2012, no Supremo Tribunal Federal (STF), com a então ajuda do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o mesmo que no ano passado ordenou a prisão do ex-presidente por corrupção e lavagem de dinheiro.

Nessa época, Moro trabalhava no gabinete da ministra Rosa Weber e era de responsabilidade dele ajudá-la a elaborar os votos sobre assuntos criminais. Em caráter reservado, ministros da Corte se manifestaram e disseram que a teoria de Moro pode salvar Lula da cadeia, segundo as informações reveladas pela Época.

ERRATA: Essa notícia foi publicada originalmente com o título "Por diminuição da pena, Lula finalmente admite corrupção". Porém a mesma fazia uma interpretação errônea de informações veiculadas por outros órgãos de imprensa.

da Redação

Comentários