Maduro lamenta um ano de prisão "injusta" de Lula e Eduardo Bolsonaro revida

No último domingo (07), no twitter do ditador socialista, Nicolas Maduro, o presidente venezuelano lamentou o primeiro aniversário da prisão "injusta" do ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, o qual chama de "irmão".

Veja o tweet de Maduro, seguido de tradução:

"Um ano da injusta prisão do nosso irmão @LulaOficial, eu me junto às vozes livres do mundo que clamam por justiça e um fim à perseguição. Venha, gente brasileira! Força e coragem para continuar na luta pela dignidade da Pátria Grande!"

O filho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, destacou em seu twitter a homenagem do ditador ao presidiário Lula:

No mesmo dia das publicações, diversas manifestações ocorriam pelo Brasil: pró Lula - a qual foi um fiasco sem igual - e outras em defesa da Operação Lava Jato e contra o STF. Veja as repercussões:

da Redação

Comentários