Com apenas duas frases, Procurador da Lava Jato detona a censura do STF

O Procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, que se notabilizou por sua atuação na Operação Lava Jato, atualmente aposentado, mas sempre atuante nas redes sociais, detonou com o Supremo Tribunal Federal (STF) e a absurda censura imposta a Revista Crusoé.

Carlos Fernando postou duas frases, apenas isso, mas de fortíssimo conteúdo.

Veja abaixo:

“A reportagem da Crusoé foi censurada ADMINISTRATIVAMENTE, ao estilo DOPS, pois não foi sequer feito em um processo regular.”
“O STF viola o estado de direito ao conduzir um inquérito para investigar o que não é crime e para censurar a imprensa.”

O STF entrou num caminho tortuoso, afrontando o direito na tentativa de fazer prevalecer a força.

da Redação

Comentários