A iminente derrota de Dias Toffoli para a Revista Crusoé no plenário do STF

Dias Toffoli será derrotado no plenário, a notícia da revista Crusoé voltará para o ar e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) terminará esse episódio traumático, completamente desmoralizado.

É o prenúncio do que deve acontecer nos próximos dias.

Impossível a manutenção da medida, que caracteriza o real estabelecimento da “Ditadura da Toga”.

O jornalista Josias de Souza desvendou o provável placar da votação. Veja abaixo:

“Cedo ou tarde, o caso chegará ao plenário. Ali, são reais as chances de revogação da ordem que retirou do ar a notícia sobre Toffoli. Além de Toffoli, que pediu a censura, e do ministro Alexandre de Moraes, que a executou, são contabilizados como potenciais aliados da providência: Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Imagina-se que na outra ponta estarão Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello e Celso de Mello.”

Por outro lado, o tiro dado pelo ministro Alexandre de Moraes deve efetivamente sair pela culatra, vez que um forte clamor popular será decisivo para que o Senado Federal instale a CPI da Toga e que os pedidos de impeachment dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, finalmente tenham andamento.

De qualquer forma, são tempos sombrios.

A nossa democracia nunca foi tão vilipendiada.

Estranho é que até o momento nenhum partido de esquerda se manifestou contra essa barbárie. Aparentemente, estão apoiando.

As máscaras estão despencando...

Comentários