Direção do Senado pede que notas fiscais de Alcolumbre sejam mantidas em sigilo (veja o vídeo)

Senador gastou R$ 1 milhão de verba de gabinete em 3 pequenas gráficas de Brasília

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, gastou R$ 1 milhão de verba de gabinete em três pequenas gráficas de Brasília. O caso tornou-se misterioso porque há três meses o setor de Transparência do Senado se nega a disponibilizar as notas fiscais dos serviços prestados.

Através da Lei de Acesso à Informação, a reportagem d’O Globo solicitou as notas fiscais, porém, o setor deu baixa nos pedidos, atendendo a ordens da direção da Casa, segundo informa o veículo.

O que torna tudo ainda mais estranho é que o Senado conta com um moderno parque gráfico, uma megaestrutura que faz mesmo impressões em braile e funciona há 47 anos para atender às demandas dos senadores.

da Redação

Comentários