Ciro tem fascínio em andar no limite das palavras, entre a frase de efeito e a injúria racial

Leia essa primeira frase com muita atenção:

"Agora LULA diz aos grupos de interesse o que eles querem ouvir. Por exemplo, para os amigos dele aí, esses LADRÕES da comunidade NEGRA, que acham que, porque são da comunidade NEGRA, têm direito de ser LADRÕES”. (Jair Bolsonaro)

Achou ofensivo aos negros?

Pois é... Só que a frase não é de Bolsonaro...

A frase correta é:

"Agora Bolsonaro diz aos grupos de interesse o que eles querem ouvir. Por exemplo, para os amigos dele aí, esses corruptos da comunidade judaica, que acham que, porque são da comunidade judaica, têm direito de ser corrupto”, disse Ciro Gomes na entrevista.

Por conta dessa frase, a comunidade judaica está processando Ciro Gomes por antissemitismo.

"Não vemos Ciro ligar outras minorias ou grupos à corrupção no Brasil. Se pretende ser visto como um político despido de ódios e preconceitos, cabe ao ex-governador se retratar das infelizes declarações contra os judeus brasileiros”.

Entendem como o "pré conceito" (aquele que te faz conceituar uma pessoa apenas pela origem, sem antes conhecer), só é visto como preconceito se for contra um dos lados?

Dizer que os negros se acham no direito se serem ladrões, apenas porque são negros, é tão criminoso quanto dizer que judeus se acham no direito de serem corruptos só pelo fato de serem judeus. O peso é o mesmo, mas adivinha qual frase seria considerada preconceituosa pela mídia?

Ciro Gomes não está acima da lei, ele tem o mesmo distúrbio que Lula, de achar que são acima da média, (o primeiro se acha mais inteligente do que o resto do mundo, o segundo, se considera o mais honesto), por isso se sentem no direito de falar e fazer o que querem, cometeram várias gafes, injúrias raciais e frases preconceituosas, mas são tolerados pelos grupos sociais porque "pensam nas minorias" (diz o bando...)

Ciro tem verdadeiro fascínio em andar no limite das palavras, entre a frase de efeito e a injúria racial. Ao ver um negro de direita o chama de capitão do mato, o analisando exclusivamente pela cor da pele, sem querer saber o que o fez destoar da massa de pessoas negras e pobres que repetem incansavelmente "LulaLivre" como zumbis.

Preconceito vem de pré conceituar alguém apenas por uma característica física ou comportamental e todos que agem assim estão errados. Todos!

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Comentários