Bolsonaro responde a Lula

O Presidente da República Jair Bolsonaro não quis fazer muitos comentários sobre a entrevista dada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos jornais Folha de S.Paulo e El País, mediante autorização concedida pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

De qualquer forma, Bolsonaro deixou claro que considera um erro da Justiça a concessão desse benefício a um presidiário.

“Acho um equívoco, um erro da Justiça ter permitido ele dar uma entrevista. Presidiário tem que cumprir sua pena e não dar opinião.”

Com relação a declaração de Lula de que o país está sendo governado por um “bando de malucos”, Bolsonaro respondeu:

“Pelo menos não é um bando de cachaceiros”.

Antes fossem apenas ‘cachaceiros’...

Na realidade era um bando de ladrões, da pior espécie e de altíssima periculosidade.

da Redação

Comentários