As ligações telefônicas de um ministro do STF para um criminoso condenado em 2ª Instância (Veja o Vídeo)

A boa postura de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) é algo extremamente importante e necessário.

Decência, reputação ilibada e idoneidade moral, sem nenhum tipo de questionamento ou qualquer dúvida.

Pode um ministro do STF ter ligações intimas com um criminoso condenado?

É evidente que não. Não coaduna com a sua posição suprema, mormente quando essa pessoa tem interesses no STF.

Na entrevista da Folha, foram reveladas as ligações intimas de Gilmar Mendes para Lula.

Para amenizar, Mônica Bergamo, a jornalista da Folha, trata Gilmar Mendes como “adversário político” de Lula.

Como assim? Além de ministro, ele é ‘político’?

Bom, isso pode-se debitar na ignorância da jornalista.

Mas, e as ligações? Confirmadas por Lula. No mínimo demonstram uma ‘amizade intima’ entre o condenado e o ministro.

Situação degradante. Inadmissível.

Gilmar, no mínimo, em razão da amizade intima, está impedido de participar de qualquer julgamento que envolva o presidiário Lula.

De qualquer forma, temos ai mais conteúdo para o impeachment.

Veja o vídeo:

Comentários