Blindados de Maduro atropelam o povo nas ruas e esquerda brasileira silencia (veja o vídeo)

Na manhã desta terça-feira (30), o presidente autoproclamado na Venezuela, Juan Guaidó, convocou a população a ir às ruas contra o ditador socialista Nicolás Maduro. Guaidó afirmou ter apoio militar para derrubar o ditador.

Conflitos intensos entre apoiadores de Guaidó - que lutam em nome da "Operação Liberdade" - e o poderio militar de Maduro marcaram a manhã desta terça.

Guaidó declarou em sua rede social no twitter:

"Povo da Venezuela, vamos às ruas. Força Armada Nacional, a continuar a implantação até que consolidemos o fim da usurpação que já é irreversível".

Já os militares pró-Maduro, tentando dispersar os "golpistas", lançam bombas de gás e avançaram com blindados atropelando manifestantes covardemente. Veja o vídeo:

Onde estão os líderes da esquerda brasileira - que se orgulham de defender essa ditadura sanguinária - para defender os Direitos Humanos deste povo?

Manifestante ferido pró-Guaidó é carregado com sangue na cabeça por colegas após ser atropelado por um veículo militar perto da base aérea La Carlota, durante confronto em Caracas — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
da Redação

Comentários