LFT fez 'limpa' no imóvel antes da busca e apreensão da Polícia Federal

De acordo com a vizinhança do imóvel que abriga o endereço da LFT Marketing Esportivo, de propriedade de Luís Cláudio Lula da Silva, no início deste mês de outubro  foi feita uma 'limpa' no imóvel. Pessoas retiravam papéis e outros objetos da empresa, antecipando-se à operação de busca e apreensão deflagrada pela Polícia Federal no dia 26.
Os condôminos do conjunto comercial ficaram com a impressão de que os responsáveis pelo escritório estavam de mudança. 
A iniciativa é clara demonstração de que o filho do ex-presidente tem algo a esconder.
O detalhe é que em diversas negociatas realizadas durante o governo Lula, talvez pela crença na impunidade, ficaram as marcas das impressões digitais do filho do ex-presidente.
No próprio caso que provocou a busca e apreensão, a LFT Marketing Esportivo, empresa de Luís Cláudio, recebeu da Marcondes e Mautoni, cujo os donos estão presos, um total de R$ 2,4 milhões e hoje não consegue demonstrar quais os serviços que foram efetivamente prestados. Além disso, importante salientar que a LFT não tinha nenhum empregado registrado. Uma soma milionária  e que causa estranheza, pois é absolutamente anormal uma empresa de marketing esportivo receber valor tão expressivo de uma empresa especializada em manter contatos com a administração pública, ainda mais quando esta encontra-se envolvida em inúmeras operações ilícitas.
De qualquer forma, a 'limpeza' efetuada no escritório da LFT é uma demonstração inconteste da atuação no sentido de obstruir os caminhos da investigação.

                                     https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política