TCE

Extrema-imprensa desavergonhadamente comemora a “resistência” de Maduro

Sem uma gota sequer de vergonha na cara, políticos e jornalistas brasileiros estão celebrando a manutenção no poder na Venezuela do facínora Nicolás Maduro.

Para proteger e justificar discursos ideológicos contra o Governo Bolsonaro aqui no Brasil, covardemente celebram o crime, a violência, as ruas banhadas de sangue e fumaça e as barrigas repletas de vento na nação vizinha.

Festejam a socialização da miséria e da desgraça.

Demonstram a falta de humanidade que sempre os guiou. É ideologia para fins criminosos e só. Não por acaso, o verbo "demonstrar" vem da palavra-raiz "monstro".

São os nossos monstros do Século XXI.

Helder Caldeira

Escritor, Colunista Político, Palestrante e Conferencista
*Autor dos livros “Águas Turvas” e “A 1ª Presidenta”, entre outras obras.

Comentários