Zanin reconhece que Sepúlveda tinha razão e vai pleitear semiaberto para Lula

O cidadão que atende pelo nome de Cristiano Zanin não passa de um verdadeiro canastrão na condição de advogado.

A sua nova investida junto aos tribunais superiores é a consagração de sua incapacidade, fraqueza intelectual e exacerbada e injustificável vaidade.

Zanin é uma demonstração inquestionável de que nesse país, qualquer cretino pode se transformar em milionário e que um sujeito, mesmo sem notórios conhecimentos jurídicos, pode virar ministro de nossa mais alta corte.

Ou alguém tem dúvida que na terrível possibilidade de vitória eleitoral de Fernando Haddad, ele seria o próximo ministro do STF?

Pois bem, Lula decidiu tentar a progressão de sua pena para o regime semiaberto.

A nota do abobalhado:

“Definimos hoje com o ex-presidente Lula que serão analisados e requeridos todos os seus direitos decorrentes do acolhimento parcial do recurso especial pelo Superior Tribunal de Justiça no último dia 23”.

A rigor, Lula deu um pontapé em sua decantada ‘dignidade’ e quer sair do xilindró a qualquer custo.

E, por outro lado, fica a demonstração de que Sepúlveda Pertence, este sim um verdadeiro advogado, conhecedor do direito e das estratagemas jurídicas, estava certo lá atrás, quando negociava a prisão domiciliar para o meliante petista e foi desaforado pelo advogado abobalhado.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários