STF - uma piada de mau gosto

Não é só em relação às decisões estapafúrdias que a atual composição STF mostra a sua evidente, incontestável e total inutilidade.

Com a licitação de banquetes regados a vinhos premiados de safras específicas, além de gêneros para alta gastronomia dignos de banquetes no Palácio de Buckingham, o STF prova que está completamente destoado da realidade do Brasil, além de ofender moralmente o brasileiro comum que paga pesados impostos para sustentar a máquina pública.

É nessa hora que todos se perguntam: Como pode a Suprema Corte falar em Justiça e moralidade no trato com a coisa pública, se ela é a primeira a dar uma demonstração de total escárnio em relação ao que, em princípio, ela deveria condenar?

A sensação de poder ilimitado é tão grande, que a resposta que seus Ministros dão para a sociedade se resume a tentar calar quem contra eles se manifesta, denotando inclusive uma profunda ignorância quanto ao direito à liberdade de opinião, garantido na Constituição que eles deveriam defender, mas que em vez disso eles ignoram, cospem e limpam seus traseiros.

O brasileiro hoje não tem qualquer respeito ou admiração pelo STF, e muito menos se sente representado e amparado por essa instituição que conseguiu a proeza de atingir um patamar de credibilidade mais baixo que o Congresso. O brasileiro hoje tem nojo e repulsa do STF.

Que o Brasil não é um país sério, isso todos nós sabemos. Mas com o STF ele vira uma piada de mau gosto.

Comentários