Temer escolhe ficar em prisão em SP, perto da família

Só no Brasil um presidiário pode escolher em qual prisão desejará ficar. A defesa do ex-presidente Michel Temer, réu em seis ações na Justiça, solicitou à Justiça para que ficasse preso em São Paulo, perto de sua família.

Quando o juiz Marcelo Bretas decretou sua prisão em março deste ano, Temer foi levado para a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

A autorização para ficar em São Paulo dependerá da TRF2.

No início da tarde desta quinta-feira (09), a juíza Caroline Figueiredo - substituta na 7ª Vara Federal Criminal do Rio nas férias do juiz Marcelo Bretas - expediu mandado de sua prisão e Temer deverá se apresentar à PF de São Paulo até às 17h deste dia. Sua defesa já solicitou sua liberdade ao Supremo Tribunal Federal (STF.)

da Redação

Comentários