Ana Carolina, a linda bailarina, foi assassinada pelo ex-namorado (Assista o vídeo com a confissão)

A bailarina cearense Ana Carolina de Souza Vieira, de 30 anos, que fazia carreira em São Paulo, foi assassinada pelo ex-namorado Anderson Rodrigues Leitão, de 27 anos. Ele confessou à polícia ter matado por ciúmes.
O corpo dela foi  encontrado na manhã desta quarta-feira (4) no apartamento em que morava na Rua Vergueiro, no Sacomã, na Zona Sul de São Paulo.
Anderson confessou à polícia ter matado Ana Carolina por estrangulamento e disse ainda que tomou veneno de rato para morrer abraçado com a ex-namorada.
Formado em administração, ele vai responder por homicídio e ocultação de cadáver. 
Segundo ele, o casal teve uma discussão na segunda-feira. "Ela foi pra cozinha e disse pra eu não mexer no celular dela. Eu mexi e vi umas fotos, umas mensagens de Whatsapp e não gostei. Fiquei com ciúmes".
Ana Carolina teria reclamado da atitude de Anderson. "Ela disse que eu era muito invasivo e começamos a discutir. Ela me arranhou e, como sou mais forte, inverti a situação. A gente estava na cama. Ela morreu estrangulada. Tentei reanimar, mas não tinha mais jeito."
Ana Carolina participou em junho deste ano do concurso “Bailarina do Faustão”. Ela estava em São Paulo há pouco mais de um ano, tentando a vida como dançarina e modelo.
Segundo a polícia, Anderson e Ana Carolina tinham terminado o relacionamento há pouco tempo e ela havia pedido ao porteiro do prédio que não autorizasse o homem a entrar no edifício. Na última segunda-feira (2), no entanto, ela permitiu que o ex-namorado subisse, após ele insistir muito.
Thais Souza Barbosa, prima da vítima, fez uma revelação. Ela afirmou que a prima Ana Carolina Vieira teve sua conta no banco hackeada por Anderson Rodrigues e que, por isso, tirou dinheiro do banco e levou para casa. “Ela tirou tudo que tinha do banco e levou para o apartamento com medo de ser roubada por Anderson. Mas não adiantou. Depois de matá-la, ele ainda levou o dinheiro dela.”

                             https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Polícia