Em viagem aos EUA, Doria critica insultos de prefeito de NY a Bolsonaro

O governador de São Paulo, João Doria, está em viagem à Nova York para conhecer de perto as tecnologias e métodos do Departamento de Polícia de Nova Iorque para implementar em São Paulo:

"Para isso, enviaremos agentes da Polícia Militar e Polícia Civil para que estudem novos programas, dentre eles o uso da Bodycam (câmeras presas aos uniformes dos policiais), medida que será implementada na Polícia de SP até o final do ano. Seguimos empenhados em melhorar as condições de trabalho das nossas polícias e fazer de SP um Estado cada vez mais seguro" - declarou Doria em suas redes sociais nesta segunda-feira (13).

Segundo a Folha, João Doria criticou as declarações caluniosas proferidas pelo prefeito de Nova York, Bill de Blasio, ao presidente Jair Bolsonaro.

A crítica do governador aconteceu antes do almoço com empresários e investidores da cidade americana. Para Doria, De Blasio foi indevidamente além de sua condição de prefeito, “exagerou na sua condução política” e “não fez jus a um regime de liberdade” do qual Nova York é o maior símbolo.

Através de seu Twitter, Doria ainda declarou que nesta semana terá novas reuniões com investidores internacionais visando projetos de desestatização de São Paulo.

da Redação

Comentários