Deputado agredido por Maria do Rosário desabafa: “Graças a Deus Filmaram”

O PSL deve decidir nesta terça-feira (21) se aciona o Conselho de Ética contra a deputada Maria do Rosário (PT).

Na semana passada, a petista tentou simular uma agressão do deputado Eder Mauro (PSL) contra ela, esbarrando nele propositalmente.

Em ato contínuo ao esbarrão, Rosário começou a gritar que havia sido empurrada.

Felizmente, a câmera de um celular filmou tudo e flagrou a encenação da pilantra.

Comentando o assunto, Eder Mauro desabafou:

“Graças a Deus Filmaram. Se não tivessem filmado aquela cena, era capaz de ela ter me representado no Conselho de Ética”.

Não tenha dúvida disso deputado. Era justamente este o plano diabólico da petista.

Por isso que o PSL não deve poupá-la.

A cassação de Rosário é uma questão de Justiça e assepsia.

da Redação

Comentários