Em espetáculo de hipocrisia, partidos da oposição fazem reunião para discutir 'saídas para crise brasileira'

Nesta quarta-feira (22), líderes dos partidos PSB, PT, PDT,PSOL e PCdoB, realizaram uma reunião em Brasília para a criação de uma agenda de contatos com movimentos sociais, centrais sindicais e entidades da sociedade civil para discutir pautas tendo em vista saídas para a "profunda crise política, econômica e social em que o país se encontra", segundo informações do site do PT.

Estiveram presentes os presidentes do PSB, Carlos Siqueira, do PT, Gleisi Hoffmann, do PDT, Carlos Lupi, do PSOL, Juliano Medeiros, e o vice-presidente do PCdoB, Walter Sorrentino, além de líderes dos partidos na Câmara e Senado.

“Hoje foi a melhor e mais produtiva reunião do fórum dos partidos de oposição. PT, PSB, PSOL, PDT e PCdoB unidos na leitura do momento político e engajados para discutir saídas para crise brasileira” - declarou Gleisi.

Com o encontro, os líderes partidários também decidiram apresentar suas pautas aos ministros do Supremo Tribunal Federal, CNBB, OAB, ABI, Andifes, SBPC, Clube de Engenharia, MST, MTST, UNE e todas as centrais sindicais, entre outras entidades e organizações.

Fica a questão: tais lideranças colocaram em pauta as medidas tomadas pelos governos anteriores - os reais geradores da atual crise -, fazendo, assim, uma autocrítica ou apenas debateram as medidas tomadas pelo recente governo eleito?

É muita hipocrisia e extrema cara de pau.

Líderes dos partidos PSB, PT, PDT,PSOL e PCdoB se encontram em Brasília para discutir saídas para a crise brasileira. Foto: Roberto Stuckert.
da Redação

Comentários