Caiu a máscara do MBL, o “suicídio” político mais precoce da história

Estamos em processo de depuração política. Perigoso? Sim há riscos, mas necessários. Para regozijo da esquerda, as máscaras de alguns movimentos. - antes conhecidos por serem supostamente de direita e conservadores - começaram a cair.

Eu falo mais especificamente do MBL - um movimento que estava formando fileiras conosco e agora posa de "isentão" e em vez de continuar lutando ao lado do povo que quer moralizar o país e que anseia por um país livre da corrupção, simplesmente se acovarda e abandona o front. E pior, passa a fazer oposição à massa que votou num projeto de governo saneador.

Por muito tempo o MBL contou com o nosso apoio e inclusive elegemos alguns dos seus membros. Lamentavelmente o resultado não poderia ser mais desastroso pra nós.

Os "mirins" provaram pela primeira vez o gosto do poder e parece que foram picados pela mosca azul da política, virando as costas para quem apoiou sua ascensão.

Agora estão provando também o gosto amargo dos resultados da sua mudança de caráter, pois a popularidade e o apoio ao MBL simplesmente despencou, e dado o grau de desconfiança das pessoas em relação aos seus reais propósitos, dificilmente vai se recuperar.

As manifestações do dia 26 haverão de provar que o povo está muito acima da arrogância do MBL, que a vontade popular não é guiada por siglas e que não precisamos deles.

Num futuro próximo mostraremos que eles sim precisam de nós, porém não terão mais o nosso apoio.

Foi o suicídio político mais precoce que nós já vimos.

Comentários