Pressão popular é o “bicho papão” do centrão… e eles sabem disso

Apesar de o COAF ter sido retirado do Ministério da Justiça e do controle direto de Sérgio Moro, a votação foi apertada: 228 a favor à 210 contra.

O resultado apertado apavorou a turma do centrão.

Apesar do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ter dito que a pressão nas redes sociais não foi determinante para o placar apertado, a avaliação nos bastidores é que muitos deputados não seguiram a orientação dos líderes justamente por temerem a reação dos eleitores.

Arthur Lira, do PP, chegou a dizer na tribuna da Câmara que

“Muitos deputados mudaram de posição em relação ao COAF, não tiveram coragem de manter sua palavra”

Muitos continuam sem entender o que está acontecendo e a pressão popular, que pode ter sido ignorada por décadas, agora é o verdadeiro bicho papão dos conchavos e da falcatrua.

da Redação

Comentários