Só Poesias: A alma sem raiz!

Nas andanças da vida percebi que tudo precisa ter asas e raízes. Mas vez por outra, a alma se perde nela mesma. Pensa que tem fé, e duvida

**A alma sem raiz!**

Nas andanças da vida percebi que tudo precisa ter asas e raízes. Mas vez por outra,

a alma se perde nela mesma.

Pensa que tem fé, e duvida de tudo.

Pensa que ama, mas confunde amores.

Pensa que sente, porém, sem cuidados, torna-se apática.

Imagina entender, mas perde a noção do que é compreender.

Lamenta o presente, presa ao passado, com olhos no futuro.

Silencia quando deve falar,

E fala quando deve silenciar...

Mistura de emoções, contradições.

Prende-se a paradigmas, regras e outros luxos da sociedade, e esquece de sua raiz...

A sua verdadeira maneira de ser, por causa dos outros.

Empurra-se para dentro. Hoje, atitude! Amanhã... Dúvidas!

Como numa montanha russa, sobe, desce, faz voltas, planos e objetivos... E volta

sempre para o mesmo lugar.

Como fazer algo pelo Bem? Para seu próprio bem? Se mal consegue confiar na Força

Superior, e muito menos em si mesmo?

A cada dia, um novo martírio. Uma nova fase a ser superada.

A esperança de dias melhores, misturada à nostalgia, na tentativa de extrair o seu

melhor, mas a Alma... A sua alma está presa!

Presa no ego, presa no medo, presa na angústia, presa na dúvida...

Uma alma sem a raiz de sua existência, o principal fundamento da Vida... O Sopro de

Vida Universal fica aos poucos sem brilho, com formas abstratas moldadas por mãos

que não lhe pertencem... Os outros. 

Deixando de lado a sua opinião, afundando no abismo do auto abandono, esquecendo a

sua Essência em nome de quê?

Dos outros. A incessante preocupação com o pensamento dos outros e não os seus.

Desvalorizando a sua força, sua capacidade.

Indubitavelmente, a Vida sacode, empurra, tenta lapidar este diamante, para refletir

todo o seu brilho.

Mas cansa... Às vezes cansa sim.

Então, novamente é preciso fazer uma pausa para reflexão, à procura de um melhor

entendimento sobre a Vida, em silêncio, e prosseguir.

Afinal, por mais problemas que se tenha, por mais maluca que possa parecer a Vida,

ela não pára. O sol continua a brilhar, o dia e a noite não cessam de chegar!

E fincando as raízes da Alma no solo fértil do Criador, então sim, a visão muda, a

esperança volta, as sementes brotam e a árvore da vida, pode dar seus melhores

frutos.

Fora disso, tudo é ilusão.

*Gênice Suavi*

**Sem você...**

Encho-me com o vazio de sua falta

Em busca da alegria, a tristeza me abraça.

Então caminho léguas sem sair do lugar,

Buscando te encontrar, onde você nunca esteve...

Assim, vão-se os dias

As horas, nem as percebo

Perdido nesse tempo que não passa

Vou existindo sem sossego.

Existir foi o que restou

Depois que me vi sem você

Se não vejo seu sorriso,

Não entendo o viver...

*Fulvio Ribeiro*

**VAI PASSAR...**

Vai passar...

Vai passar...

Essa dor...

Essa falta de ar...

Vai passar...

Vai passar...

Esse calafrio...

Essa falta de brio...

Esse breu...

Sem azul céu...

Vai passar...

Vai passar...

O que não tem apreço...

O que se apressa...

Em passar...

Vai passar...

Vai passar...O que atravessa...

E que te atravessa...

Quando mal começa...

Vai passar...

Vai passar...

Esse dissabor...

Esse desamor...

Que deixa a gente sem cor...

Que deixa a gente incolor...

Vai passar...

Vai passar...

Esse mal estar...

Que não pede passagem...

Mas com o tempo

A gente tenta passar...

Vai passar...

Vai passar...

Pois a cada passo...

Tudo muda de compasso...

E faz tudo passar...

Só não vai passar ...

Aquela saudade...

Daquela ingenuidade...

Daquela bela amizade...

E do que era bom de verdade...

*Carmen Cecilia*

**A NOSSA VERDADE**

Não importa quanto tempo estamos juntos

Quanto tempo ainda temos pra curtir

Quantos dias nosso amor sobrevive

Se ainda temos o que conviver...

Não importa as verdades não ditas

Os segredos escondidos

Os detalhes omitidos

Ou aquilo que nunca vamos mesmo nos dizer...

Não importa a distância que nos separa

As dificuldades que nos proíbem

Os preconceitos que nos distanciam

Ou as diferenças que nos fazem incompatíveis...

O que importa é que HOJE

Eu tenho você.

E Hoje eu quero te falar

Dos sentimentos mais verdadeiros que tenho

Do nosso tempo de ser feliz que é hoje

E do lugar sagrado onde hoje estamos

Que torna tudo o que sentimos... Mágico

Hoje eu só tenho que agradecer a você

Hoje eu só tenho à agradecer ao universo

Pelo nosso tempo

Pelos nossos sentimentos

E pela nossa verdade

Eu te amo

E você me ama

Hoje isso é tudo o que importa!

*Victtoria Rossini*

**Ondas do meu amar**

Observo as ondas do

mar acariciar num beijo

simples no teu olhar.

Neste ritmo maravilhoso

bate em mim aguçando

os pensamentos.

Revira a minha vida, como

remove a areia meus

sentimentos.

Onda do mar do

amor que me encanta

com seu andar.

A ira das ondas me faz

encantar o amor nas

profundezas do amar.

Amar nas ondas do mar

são os melhores

momentos.

Navegar nos

gestos das ondas é

amar e jamais acordar.

Sem tentar entender

o porque deste eterno

transbordar...

Mergulho de cabeça

sem medo da dor de

morrer no nadar.

Mar, ondas, sentimentos,

vive a cada instante

no meu sonhar.

*Marisa Torres*

**Deixe eu te amar...**

A estrela de teus olhos se apagaram

perdi meu rumo não sei onde caminhar.

Eu via em teus olhos minha estrela guia

já não mais sei por onde deverei andar.

Por te amar, eu me guiava por teus olhos

A estrela cadente dos meus desejos

Meu porto seguro e rota de meus sonhos,

sonhos de ternuras que eu amei viver.

Você se entregou para as tuas dores

deixou de amar e vive em desamores.

Uma pena, porque sempre vem o amanhã

e cada amanhecer é diferente, teu sol virá.

Abra teu coração leia o teu EU que é lindo.

Deixe um novo amor habitar em você e,

se olhar em tua volta verá que sempre te amei!

Confie em mim, deixe eu amar você.

*-Joe Luigi-*

**Tens medo do amor...**

Mas ele existe quanto maior mais profundo

Pelo mar onde reflete o azul do céu

No nascer e do por do sol

O sorver da terra... E as flores de todas as cores...

Das canções cujas melodias falam de encanto e nostalgia...

Enquanto o teu coração temeroso arquiteta uma saída

Teus lábios sussurram não...!

Mas teu coração... Quer o meu amor...

E fazes poemas que a cada dia

Vão-se inflamando sozinhos

Em sopro de ventos estranhos

E eu falo-te de amor em mansa oração

Pela solidão que me toma por dentro

Um vazio triste oculto de inquietude e revolta

Deste amor por ti que nunca terá fim!

* celina vasques *

**Siga Em Frente*

Levante a cabeça, siga em frente

Senão a vida acorrenta a gente

Nada de brigas, ou confusão

Escute atento a voz do coração

Levante a cabeça, siga em frente

Porque o tempo é menino apressado

Sem se dar conta, logo se esvai

Depois não adianta lamentar os ais

Levante a cabeça, siga em frente

Mantenha viva a fé e a esperança

Não se aborreça por coisa pouca

Seja otimista da paz não desista

Levante a cabeça, siga em frente

Arquive o ontem porque é passado

Viva o presente, feliz e contente

Porque a vida vem cobrar a gente

Levante a cabeça, siga em frente

Estenda as mãos, ofereça abraços

Abra sorriso s sem ser preciso

Se cobre menos, seja leve no juízo

Levante a cabeça, siga em frente

Não se apegue aos bens materiais

Tudo é passagem, neste existir

Agradeça até o que está por vir

Levante a cabeça, siga em frente

Não chore a distância de um amor

Saiba esperar, e em Deus confiar

No amanhã, tudo tende a melhorar

Levante a cabeça, siga em frente

Empunhe a bandeira do perdão

Não se envergonhe se precisar

Do ombro amigo para desabafar

Levante a cabeça, siga em frente

Porque a existência é uma sinfonia

Nada de mágoas, ou nostalgia

Junte-se a nós no bloco da alegria!

*Ana Stoppa*

                                      https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

Maria Catherine Rabello

Pernambucana, amante da poesia. “Amo minha vida e todos que fazem parte do meu mundo. Poesias são sonhos vividos, lembrados ou desejados. Poesia acalenta a alma e o coração. Sonhar é viver, viver feliz! Amo poesias, poesias de amor sempre! Sou sonhadora e feliz. Meus rabiscos são meus segredos, meu baú de sentimentos. Apresento lindas poesias de muitos corações iguais ao meu. Amar sempre!

Mais de Maria Catherine Rabello

Comentários

Mais em Mundo da Poesia