Em uma só frase, Dória humilha FHC, Serra, Alckmin e Aécio

O governador de São Paulo João Dória Júnior definitivamente destronou FHC, José Serra, Geraldo Alckmin e o moribundo Aécio Neves do comando do PSDB.

É efetivamente o novo comandante do partido. O quarteto citado não apita mais nada. Quem manda agora é Dória. E não se fala mais nisso.

Assim, numa entrevista para o jornalista Gerson Camarotti, o governador paulista fez questão de deixar bem claro esta situação, com uma frase que sob qualquer análise é humilhante para os ex-mandatários tucanos.

Disse Dória:

“O PSDB não vai ser mais o partido do muro, o partido que não toma decisões. Será a partir de agora um partido que tem posições e que defende essas posições com clareza.”

Nesse sentido, ignorando as frequentes críticas feitas por FHC ao presidente Jair Bolsonaro, o novo líder tucano decretou o seguinte:

“Na próxima semana o partido vai discutir e fechar questão na aprovação da Previdência na Câmara e no Senado.”

Resta a FHC mudar de mala e cuia para o PT.

Aliás, ele merece um lugar ao lado de seu eterno protegido Lula.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários