Arma de fogo encontrada nos destroços do avião de Gabriel Diniz surpreende peritos

Neste sábado (1º) técnicos da Administração do Meio Ambiente de Sergipe (Adema), foram surpreendidos ao encontrarem, junto aos destroços da aeronave que caiu e matou o cantor Gabriel Diniz, um revólver.

O objetivo da Adema era verificar o impacto ambiental na área atingida pelo acidente.

A arma encontrada será entregue nesta segunda-feira (3) para a Polícia Federal, que deverá periciá-la.

O fato levantou alguns rumores com relação aos motivos da queda do avião.

A princípio, a tese que prevalece é de que houve uma desorientação espacial.

No momento em que o avião sobrevoava o estado do Sergipe, entrou no meio de uma nuvem, sem que o aparelho tivesse os equipamentos necessários para voar nessas condições e em altura tão elevada.

Infelizmente, o monomotor não possuía caixa-preta.

A perícia é a chance de elucidação do mistério.

da Redação

Comentários