A Rede Globo e o fim de um império (Veja o Vídeo)

Já vivi para ver muitos castelos empresariais desmoronarem. Sobretudo na mídia brasileira e internacional.

Os Diários Associados, Tupy, Excelsior, Manchete, Jornal do Brasil, Jornal do Comércio, O Estado, Tribuna da Imprensa. No mundo, vários veículos sumiram. Que o diga Keith Rupert Murdoch.

O conglomerado Globo tanto fez, tanto abusou da arrogância e da soberba, que perdeu a noção da realidade.

Sem respeito e sem leitura do cenário social brasileiro resolveu enfrentar a soberania popular, tratando-a, como se fôssemos uma massa acéfala. Pagou para ver e se deu mal.

Em que pese a sua inegável qualidade técnica, errou a mão, pensando ser hegemônica, imbatível, insuperável, indispensável e eterna! Até que um belo dia após o outro, a desconsideração com o senso comum foi percebida. E a reação popular veio. Devagarinho...E não parou mais! E a audiência disse não à continuidade da manipulação, da tentativa de direcionar, induzir e manobrar a opinião pública.

Os fatos e a velocidade da informação atropelaram o gigantismo.

E eis que a “Vênus Platinada - o Ópio do Povo”, está diante de um encontro histórico com o impossível: um governo parcimonioso na distribuição de verbas publicitárias (e de patrocínio via recursos advindos de renúncia fiscal) que fechou as torneiras dos milhões de reais conquistados e esbanjados na moleza que só o dinheiro fácil proporciona; e uma concorrente real chamada CNN Brasil que “chega, chegando!”.

Então o dito popular se consuma:

“Quanto maior a palmeira, maior o tombo!”.

O desmonte começou com demissões em massa, corte de salários e mudanças radicais na grade de programações.

A família Marinho, como imperadores que imaginam ser, tentará seguir no fausto. A ficha ainda não caiu… Mas vão arcar com sua pesadíssima cota de responsabilidade no drama em que o país se meteu com a cumplicidade deles.

E os afetados submissos, verão o que os brasileiros já viram muito antes: a entrada acelerada na curva da vida aí na frente, dos tempos difíceis. Avisados foram!

Assista ao vídeo:

Luiz Carlos Nemetz

Advogado.Vice-presidente e Chefe da Unidade de Representação em Santa Catarina na empresa Câmara Brasil-Rússia de Comércio, Indústria e Turismo e Sócio na empresa Nemetz & Kuhnen Advocacia.
@LCNemetz

Comentários