Depois de demissões, Globo diminui salário. É corte ou contingenciamento?

Quem não caiu no ‘facão’ da Rede Globo, fatalmente vai enfrentar o martírio da redução dos salários.

É o caso de todos apresentadores, que terão um teto salarial.

Assim, por exemplo, Tadeu Schimidt e Poliana Abritta, que apresentam o Fantástico e ganham na faixa de R$ 200 mil mensais, passarão a receber apenas R$ 50 mil.

A única exceção com relação ao teto, será William Bonner, que, mesmo assim, sofrerá perdas consideráveis.

É a queda gradativa de um gigante.

Não é a toa que essa turma defendia com veemência o #EleNão.

Fonte: Revista Contigo

da Redação

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários