Cala a boca, Noblat!

O tóxico Noblat, rei das mancadas e das fake news, disse em seu "brogue" que "valeu cada tostão o que o Bolsonaro pagou ao Ratinho".

Duvido que tenha pago. O "bostejador-mor da imprensa marrom" deveria saber que ter um Presidente da República num programa, sentado num banquinho e conversando informalmente é um privilégio pra qualquer emissora. Basta esse jornalista idiota pesquisar quantos pontos de vantagem na audiência o SBT abriu em relação às demais emissoras, durante o tempo em que a entrevista foi exibida.

Segundo o estagiário de foca Noblat, Bolsonaro teria pago R$ 268.500 pela entrevista. Se fosse verdade, até nisso o Presidente teria nos surpreendido, por ter pago o minuto incrivelmente mais barato da TV brasileira em todos os tempos. A entrevista durou 56 minutos, o que daria a bagatela de pouco mais de R$ 4.790/min. Até propaganda de sabão em pó paga quatro vezes isso por uma inserção de 15 segundos.

Isso é dor de corno. Noblat, cujo caráter vale menos que aquilo que o gato enterra, durante anos foi sustentado pelo PT para puxar o saco de ladrões e defender os canalhas que afundaram o país. Sua fonte secou e agora fica aí falando bobagens e depois apagando o que escreve quando é pego na mentira.

Se o Bolsonaro tivesse pago alguma coisa, sim, teria valido cada tostão, porque o espaço foi ocupado para dizer verdades e não para fazer propagandas de mentiras como acontecia na era PT, e gastando milhões do dinheiro público pra isso.

Quanto mesmo que o sub-auxiliar de estagiário de foca Noblat falou que Ratinho recebeu? R$ 268.500? Até nisso o energúmeno se deu mal. Quem ele pensa que o Ratinho é? O Carlos Massa é um dos apresentadores mais bem pagos e um dos empresários mais bem sucedidos do Brasil. Essa grana aí é insignificante diante do seu patrimônio. Só com merchand o apresentador fatura inúmeras vezes mais que isso.

Se ele fosse um oportunista como o Noblat, já teria aberto um espaço de uma hora para que o PT fosse lá fazer um dramalhão em defesa do "Lula Livre", tendo como protagonistas uma amante chorosa e uma defensora de bandidos repetindo "o que é isso?" sem parar. Isso não ocorreu porque o Ratinho tem uma coisa que pré-ajudantes de sub-auxiliares de vice-focas como o Noblat não têm: Caráter. E o PT estaria disposto a pagar milhões por isso.

Noblat, seja higiênico feche a tampa da sua boca e dê descarga. Depois jogue um Bom Ar pra disfarçar o cheiro das suas ideias.

Comentários