assinante_desktop_cabecalho
assinante_desktop_menu_principal

A vergonhosa geração dos homens de 35 anos que moram com os pais

Ler na área do assinante

Há 75 anos, garotos de 20 anos desembarcavam na Normandia, debaixo de fogo inimigo, e mudavam o mundo.

Mal tinham começado a fazer as barbas e derrotavam a, então, maior ameaça que a humanidade já havia conhecido. Alguns deles, com o custo das próprias vidas.

Suas mulheres, que ficaram em casa, cuidavam de filhos e cumpriam a jornada de trabalho dos homens que foram às trincheiras. Foi a guerra, não o feminismo, que colocou-as no mercado de trabalho. Não existe militância melhor do que a necessidade.

Crianças de 2, 3, 5 anos, muitas que cresceram sem conhecer os pais tombados em combate, viviam o racionamento de TUDO. Foram obrigados a começar cedo, muito cedo, a ajudar no sustento das casas.

Se olharmos para essas pessoas, que hoje têm entre 70 e 90 anos, veremos a maior geração de vencedores da humanidade. Cresceram em meio a todas as dificuldades. A maioria não teve oportunidade de estudo e grande parte sequer tinha comida.

Ainda assim, MUITOS deles construíram fortunas, famílias unidas, casamentos sólidos. Esses heróis de cabeça branca fizeram a sociedade como conhecemos.

Hoje, temos marmanjos de 35 anos morando com os pais, cuidando de suas volumosas barbas com bálsamos vitaminados, indo trabalhar com bicicletas eco-friendly, usando camisetas de cânhamo e preocupados com a preservação dos ovos de tartaruga. São "pais de Pet", veganos, que condenam ferozmente a caça às focas canadenses, mas militam pelo "direito" ao aborto.

Uma geração que se diz comprometida com a liberdade, mas exige que o papai Estado criminalize tudo aquilo que lhes contradiz. Bundões, chorões, birrentos. Um bando de mimados, que esperneiam para ter "direitos", mas recusam-se a qualquer "dever".

Imagino o que escreverão de nós, depois de 7 décadas.

Maldita geração "floco de neve".

"Tempos difíceis criam homens fortes; Homens Fortes criam tempos bons; Tempos bons criam homens fracos; Homens fracos criam tempos difíceis." (Provérbio Oriental).

Felipe Fiamenghi

O Brasil não é para amadores.

assinante_desktop_conteudo_rodape

Comentários