Dodge diz que está à disposição para permanecer na PGR e recebe dura resposta de Zambelli

Quem diria, Raquel Dodge quer ser reconduzida para o comando da Procuradoria Geral da República. Ela mandou avisar o presidente Jair Bolsonaro que está à disposição para continuar no cargo.

Vale lembrar que Dodge é a candidata do ministro Gilmar Mendes. Uma temeridade.

Sua recondução seria um estupidez. Pelo menos é este o entendimento da deputada federal Carla Zambelli (PSL), que postou em seu Twitter o seguinte:

“Raquel Dodge diz ‘estar à disposição’ para recondução na PGR.
Ela quer continuar no cargo para fazer o quê?
Denunciar Jair Bolsonaro novamente num caso em que ele seja inocente?
Derrubar de novo o voto impresso?
Ou impedir novos acordos de delação na Lava Jato?
Já deu, Dodge.”

Zambelli tem razão.

da Redação

Comentários