Caio Coppola já havia advertido sobre a má índole do jornalista americano e o conluio com Jean Wyllys (Veja o Vídeo)

Gleen Greenwald é um jornalista norte-americano que, por forças de suas ligações umbilicais com a esquerda, com o PT e com o ex-presidente Lula, mudou-se para o Brasil, onde vive atualmente no Rio de Janeiro.

Uniu-se em ligação homoafetiva com o político brasileiro David Miranda, que foi candidato a deputado federal no último pleito, pelo PSOL, alcançando a primeira suplência.

Tão logo saiu o resultado das urnas é certo que o americano teve atuação direta para a renúncia de Jean Wyllys, dando lugar ao seu companheiro.

E é Greenwald a figura que está por trás dos atos criminosos cometidos contra procuradores da Operação Lava Jato e o ministro Sérgio Moro.

Mais grave do que hackear conteúdos privados de autoridades do Poder Judiciário e do Ministério Público, é divulgá-las de maneira descontextualizada e criminosa.

O comentarista político Caio Coppolla há muito já advertia para a índole desse americano indecente e parceiro da bandidagem de alta periculosidade.

Veja o vídeo:

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários