Juiz Sergio Moro quebra o sigilo telefônico da sede nacional do PT

Todas as linhas telefônicas da sede nacional do PT tiveram nesta quinta-feira (12) o sigilo telefônico quebrado por decisão do juiz Sergio Moro.
A medida foi tomada na ação que apura o envolvimento do ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto em pagamentos realizados à Editora Gráfica Atitude, ligada ao PT, com dinheiro de propina.
De acordo com a delação do empreiteiro Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, parte da propina que cabia ao PT era paga através de um contrato de publicidade fictício realizado com a editora, simulando a compra de anúncios em revistas produzidas pela empresa. A orientação do procedimento teria sido feita por João Vaccari e os contatos realizados através dos telefones do partido.
Com a quebra do sigilo, essas ligações serão rastreadas e uma vez encontradas darão sustentação ao que foi delatado, podendo envolver diretamente o PT no Petrolão e no recebimento de propina. 

                               https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça