Decisão hoje do STF sobre a soltura de Lula deve frustrar a bandidagem

O STF não deve votar pela procedência do pedido da defesa de Lula para libertá-lo por conta das mensagens hackeadas.

Primeiro teriam que comprovar que as mensagens divulgadas são reais, para isso somente uma perícia nos celulares e isso demanda tempo.

Depois, tem que avaliar se as mensagens de alguma forma foram descontextualizadas e se alguma troca de informações gerou algo contra Lula que garantisse a sua condenação. Não há nada disso nas mensagens, mero oportunismo de sempre...

A ação colaborativa entre Moro e Deltan não pode viabilizar a soltura de um criminosos, condenado em várias instâncias.

Há outros juízes nessa ação, inclusive decisões de juízes de instâncias superiores. Há também outros condenados. Libertar um seria um efeito dominó.

Se fizerem isso é declaração de guerra e o país pega fogo.

Acho que ninguém tá a fim de conversar com general de portas fechadas.

Minha aposta: NÃO LIBERA LULA!

Qual a aposta de vocês?

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários