A imunda trama da esquerda contra o Brasil

A recente divulgação dos áudios vazados de conversas entre Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato é sintoma do desespero e do vale tudo nas ações da esquerda para sobreviver.

O tempo é curto.

Sabe a esquerda que se o governo Bolsonaro aprovar a Reforma da Previdência - a favor da sociedade - tudo estará perdido pra eles.

O último prego no caixão terá sido colocado.

Para entender, é preciso começar pela fuga do país do performático Jean Willys, desistindo de seu cargo e permitindo que David Miranda, suplente, ocupasse em definitivo o seu lugar.

Miranda, parceiro sexual de Glenn Greenwald, é um notório conspirador, atuando em atos considerados ‘terroristas’ contra vários governos do mundo.

Em agosto de 2013, Miranda foi preso no aeroporto em Londres por levar material secreto dos EUA, fornecidos pelo parceiro Snowden, que comprometiam a segurança dos Estados Unidos.

O material, reunido e roubado por Snowden da agência americana NSA, onde trabalhava, provocou um enorme conflito internacional.

Miranda trabalhava para Greenwald, seu parceiro, que era quem vendia as informações, numa farsa montada.

Greenwald é o mesmo que hoje, por aqui, usa um site chamado Intercept para divulgar os áudios de Moro, obtidos ilegalmente.

Laura Poitras, amiga de Greenwald, era outra 'mula’ utilizada por ele para levar documentos secretos roubados de um país para outro.

O transporte de material secreto, nesses casos, é um risco enorme.

Greenwald e Poitras - vejam só - serão recepcionados e homenageados em setembro pela EFF - Electonic Frontier Fundation, que é patrocinada por ninguém menos do que George Soros, que enfiou mais de um milhão de dólares nessa fundação nos últimos cinco anos.

O parceiro de Miranda, Greenwald, era ainda um palestrante regular em conferências comunistas internacionais, quando funcionário do The Guardian.

Foi de Greenwald que partiu a obtenção ilegal e divulgação das conversas de Moro.

O que deixa clara a conspiração suja para desestabilizar o governo Bolsonaro, soltar luladasilva e levar o país ao caos e ao socialismo.

Moro e o governo tem que tomar medidas urgentes para impedir a ação desses espiões no Brasil.

A ação deles com Snowden, só pra constar, acabou levando pra Russia mais de 58 mil documentos secretos que continham informações de segurança nacional.

Nestes dias decisivos, a esquerda usará de todos os recursos possíveis, ilegais ou não, para se manter viva.

Essa trama imunda é só o começo.

*Fica registrada aqui a ação vergonhosa da OAB que usa o caso para pedir o afastamento imediato de Moro.

Marco Angeli Full

Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

Comentários