Para tristeza da esquerda, Bolsa sobe, dólar cai e mostra indiferença dos mercados a Glenn Greenwald

Sabe aquela história do menino que gritava lobo? É o mesmo caso com os ataques de pirraça da esquerda.

Foram tantas vezes que acusaram Bolsonaro de ser tudo que ele não era, que a população simplesmente nem acredita mais no que a esquerda diz ou no que a mídia militante divulga.

Os ataques de ontem contra Moro, orquestrados pelo namorado do deputado do PSOL e repetidos pela mídia lacaia, não surtiram o efeito desejado, que era de jogar a população contra o presidente e paralisar o governo. Com exceção da jumentância, ninguém mais no País acredita nessas "denúncias gravíssimas" fabricadas 4 vezes por semana.

Moro foi condecorado por Bolsonaro que enfatizou seu apoio irrestrito ao ministro. Dólar caiu e bolsa subiu, mostrando que os mercados nem ouviram o chororô petista. O crédito suplementar foi aprovado, mostrando que o congresso criou vergonha na cara (pelo menos por enquanto).

Moro ainda se dispôs a ir, por conta própria, falar sobre as mensagens. E Lula, pra variar, ainda tá preso.

Em resumo, um péssimo dia para quem pensou que havia achado um jeito de santificar os corruptos.

(Texto de Frederico Rodrigues)

Frederico Rodrigues

Analista Político e Membro da Direita Goiás.

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários