A hipocrisia dos senadores que impedem que cidadão tenha arma ao mesmo tempo que recebem escolta armada

Não adianta, os enclausurados de Brasília, aqueles políticos que vivem num mundo de fantasia, longe da violência e dos problemas reais do Brasil, parecem determinados a impedir que a vontade do povo seja feita. A qualquer custo.

Mesmo que isso signifique escancarar a própria hipocrisia e a falta de vergonha na cara desses representantes. Ao mesmo tempo em que impediam o acesso dos cidadãos ao porte de armas para se protegerem da violência, os senadores eram agraciados com escolta armada para se proteger da violência.

O resumo perfeito do Circo Brasil. Senadores que dizem que armas não trazem segurança, mas quando se sentem ameaçadas, vão correndo atrás de armas para se proteger.

É prova cabal de que boa parte dos nossos políticos ainda se acham infinitamente superiores ao povo. A vida deles vale mais, por algum motivo.

Kajuru Goiás que vergonha meu senhor. O ÚNICO Senador de Goiás que votou para tirar o direito do cidadão de bem se defender de modo eficaz. Agiu como um amador e colocou seus eleitores à mercê da violência. Fez uma leitura péssima do decreto e se mostrou completamente desinformado sobre os pré-requisito para a posse. É com esse nível de preparo que tem coragem de fazer live se auto proclamando "empregado do povo"? Você não serviu ao povo com seu voto. Você só o deixou mais desprotegido.

Tomara que os deputados entendam de uma vez que a função do congresso não é fazer contraponto automático ao presidente. Mas sim realizar a vontade popular, principalmente a vontade popular expressa em referendo.

(Texto de Frederico Rodrigues)

Comentários

Notícias relacionadas