Lindbergh Farias: a triste história e o fim de um cara pintada (Veja o Vídeo)

Nada dá mais certo na vida do rapaz.

Aprontou muito, nunca teve apego a verdadeira democracia, desrespeitou autoridades constituídas e afrontou o eleitorado.

Na condição de prefeito de Nova Iguaçu foi condenado por improbidade, como senador teve uma medíocre atuação parlamentar e nas planilhas da Odebrecht foi identificado como Lindinho.

É este um pequeno resumo da atuação política de Lindbergh Farias.

Derrotado por Flávio Bolsonaro e Arolde de Oliveira no pleito senatorial de 2018, hoje está completamente perdido.

Até o canal de YouTube que criou em parceria com Vanessa Grazziotin foi a ‘bancarrota’.

Diante disso, segundo alguns veículos de comunicação, pensou em transferir seu domicílio eleitoral para sua terra natal, João Pessoa (PB). Andou visitando a cidade, mas percebeu que a ideia não emplacaria.

Assim, acaba de ter uma ideia que poderá salvá-lo do ostracismo e do desemprego.

Vai tentar uma vaga na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Será o canto do cisne, prenúncio de nova e definitiva derrota.

Veja o vídeo:

Lívia Martins

Articulista e repórter
livia@jornaldacidadeonline.com.br

Comentários