Modesto Carvalhosa: “O escândalo forjado diminuiu ainda mais”

O respeitado jurista Modesto Carvalhosa, baluarte na luta contra a corrupção, opinou sobre os novos vazamentos revelados pelo jornal Folha de S.Paulo, nova ‘sucursal’ do site The Intercept.

Veja o que disse o jurista:

"A cara jornalista Eliane Cantanhêde, em sua coluna para o Estadão:

'o ministro Sérgio Moro deu um xeque-mate não só na oposição e no Congresso, mas no Supremo, que julgará nesta terça-feira o pedido de suspeição de Moro e a consequente anulação de todo o processo que levou o ex-presidente Lula à prisão.'

Ela se referiu à resposta do ministro ao senador Fabiano Contarato:

O sr., então, quer que se anule tudo?”

E completa Cantanhêde:

'O próprio Moro destrinchou o que seria esse ‘tudo’: anular todos os processos de governadores, parlamentares, empreiteiros, altos funcionários e doleiros condenados pela Lava Jato? Até dos pivôs Renato Duque e Paulo Roberto Costa? E devolver todo o dinheiro recuperado, algo próximo de R$ 3 bilhões, para esses condenados e para as empresas?

Xeque-mate, porque é disso que se trata nesse jogo de acusações entre os que condenam Moro pelos diálogos e os que podem até achar que não foram bonitos e corretos, mas nem por isso destroem as provas e o processo de julgamento por tribunais de segundo grau e, no caso do ex-presidente Lula, até pelo Superior Tribunal de Justiça, o STJ.'

A verdade é que terça-feira, mais uma vez, os aliados dos corruptos no STF vão tentar outro golpe. Enquanto isso, o Antagonista revela que o “escândalo” forjado diminuiu ainda mais.
Vamos triplicar nossos esforços até terça-feira."

Veja abaixo a publicação de O Antagonista:

Comentários