Alcolumbre declara guerra contra Moro: “Se fosse deputado ou senador, estava no Conselho de Ética, cassado ou preso”

Sergio Moro já sabe que tem um inimigo no comando do Senado.

Davi Alcolumbre mostrou definitivamente de que lado está.

Durante um jantar realizado pelo site Poder360, ele falou a respeito de Moro:

“Se fosse deputado ou senador, estava no Conselho de Ética, cassado ou preso”.
“Se aquilo for tudo verdade… esse que é o problema. Aquilo é verdade? Vai comprovar? Aquela conversa não era pra ter sido naquele nível entre o acusador e o procurador. Se isso for verdade, eu acho que vai ter um impacto grande.”

Alcolumbre também aposta contra Bolsonaro e no mesmo jantar declarou::

“Está muito aberta a eleição de 2022. O que aconteceu em 2018? O Brasil se dividiu. Essa nova metodologia do presidente, acho que vai ter sua parcela. Não tem como ele não ter 20%. Todo candidato a governador tem 20%, 25%. Mas tem 75% do outro lado. É muito difícil ter 51% num país do tamanho do Brasil.”

Sergio Moro e Bolsonaro já sabem que tem um inimigo no comando do Senado.

Alcolumbre, dia-a-dia, vai demonstrando ter sido um bom aluno de Renan, a ponto de tê-lo derrotado de maneira humilhante na eleição para presidência da mesa.

da Redação

Comentários