'EI' ameaça novo ataque à América, em Washington, 'pior e mais amargo'. (Assista o vídeo)

Em setembro, após decapitar dois jornalistas americanos, os islâmicos decidiram realizar a gravação “Chamas da guerra, a luta apenas começou”, como resposta ao plano de coalizão do presidente Barack Obama.
Nesta segunda-feira, em novo vídeo publicado na internet, logo após os atentados em Paris, lançam uma nova ameaça: "Nós iremos atacar a América em seu centro, em Washihgton". Este é um dos trechos em resposta aos 23 ataques  aéreos contra o EI, a Síria e o Iraque, desferidos pela França.
Segundo os militantes que aparecem no vídeo, os atentados em Paris foram uma "simples resposta" à França, e os próximos ataques serão "piores e mais amargos".
O Estado Islâmico (EI) alertou ainda que países que participam de ataques aéreos contra a Síria e o Iraque, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Bélgica, vão sofrer as mesmas consequências que a França. 
"Digo aos países da coalizão que não viverão seguros até que os muçulmanos vivam seguros em seus países", disse um militante na gravação, que foi intitulada "Até que chegou o castigo" e divulgada por um braço do EI na região iraquiana de Kirkuk. 
A gravação contém imagens gravadas por veículos de comunicação dos atentados em Paris. Os jihadistas que aparecem no vídeo têm o rosto à mostra, mas não se identificam. Um deles ainda pediu que os "fiéis sigam o exemplo de seus irmãos (franceses) e ataquem os infiéis em seus próprios lares (países)".


                                           https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline
Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional