LGBTs contra Bolsonaro: a instrumentalização de uma causa justa para alavancar pautas impopulares da esquerda (veja o vídeo)

Dos 10 melhores países do mundo para ser gay, todos são cristãos.

Dos 10 piores países para ser gay, 7 são islâmicos, e dois são os maiores expoentes da esquerda comunista: Rússia e China.

Dos mais de 70 países onde ser gay é crime, mais de 60 estão na Ásia e na África. Dos 13 países onde ser gay é punido com pena de morte, nenhum é cristão.

No entanto, o cristianismo é a religião mais atacada pelos movimentos LGBT, enquanto não se vê críticas da militância aos países mais homofóbicos do mundo.

Mais que isso: os partidos que mais dizem lutar contra a homofobia apoiam os governos mais homofóbicos do mundo. Será que lutam mesmo?

O combate à homofobia é uma uma causa justa e civilizada, mas está sendo instrumentalizada para alavancar as pautas impopulares da esquerda.

Confira no vídeo como isso ocorre e os efeitos que gera:

Herbert Passos Neto

Jornalista. Analista e ativista político.

Comentários