CNMP arquiva sindicância contra Deltan, ataque de Glenn desmorona e OAB fica desmoralizada

Gradativamente o jornalista Glenn Greenwald vai caindo no ridículo.

Nesta quinta-feira (27), o ‘picareta’ sofreu mais um revés.

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mandou arquivar a sindicância aberta para averiguar as mensagens que teriam sido trocadas entre o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sérgio Moro.

O argumento utilizado pelo corregedor-geral do CNMP, Orlando Rochadel, para justificar o arquivamento, é justamente a impossibilidade de se verificar a veracidade do material.

A decisão desmoraliza ainda mais a partidária Ordem dos Advogados do Brasil.

A entidade, atualmente dirigida por um notório petista, tão logo surgiram as mensagens do pseudo jornalista americano, pediu, de maneira açodada, apressada, ilegal e anti-democrática, o afastamento de Deltan e do próprio ministro Sérgio Moro.

Lamentável a vergonha que Felipe Santa Cruz está impondo a uma entidade que já teve participação relevante em momentos importantes da história do Brasil.

Presentemente tornou-se uma marionete de interesses inconfessáveis.

Lívia Martins

Articulista

O jornalismo em que você confia depende de você. Colabore com a independência do Jornal da Cidade Online doando qualquer valor. Acesse: apoia.se/jornaldacidadeonline

Comentários