A nova “BOMBA” de Glenn Greenwald, um notório 'pilantra'

Durante todo o dia, o notório Glenn Verdevaldo anunciou que seu tabloide revelaria "uma bomba" com potencial para destruir Sérgio Moro, Deltan M. Dallagnol e a força-tarefa da Operação Lava Jato.

Gente, o "garoto-maroto-outra-vez" esperou dar meia noite para divulgar a imagem abaixo: uma conversa entre o então procurador Ângelo Goulart Villela e uma tal de Monique, ambos falando mal de Moro em tom de fofoca de botequim.

Mas, tem um detalhe mais importante...

Ângelo Goulart Villela é aquele procurador que foi preso pela Polícia Federal - PF no âmbito da Operação Patmos (aquela fase da Lava-Jato que também prendeu a irmã de Aécio Neves, em maio/2017), acusado de atuar ilicitamente em favor do Grupo JBS-Friboi durante investigações. Um ano depois, em maio/2018, foi novamente denunciado pelo Ministério Público Federal - MPF sob acusação de receber mesada/propina para beneficiar Eldorado Celulose quando atuou na Operação Greenfield.

Era essa a "bomba"?

Bomba seria se esse cidadão estivesse falando bem de Sérgio Moro. Ele falando mal do titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, seis meses após ser denunciado uma segunda vez, é MÉRITO CURRICULAR!

P.S.: Aguardando a reação dos jornalistas brasileiros à "bomba" do Verdevaldo. Vai ser interessante...

Segue o baile!

#InMOROweTrust

Helder Caldeira

Escritor, Colunista Político, Palestrante e Conferencista
*Autor dos livros “Águas Turvas” e “A 1ª Presidenta”, entre outras obras.

Comentários