Deltan avisa: “Não vamos nos acuar diante desses ataques e seguiremos cumprindo nossa função constitucional”

O Procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Força Tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato, se manifestou no final da tarde deste sábado (29) sobre os novos ataques criminosos desferidos pelo pseudo jornalista Glenn Greenwald.

Com firmeza, altivez e sem qualquer temor, Deltan fez a seguinte postagem nas redes sociais:

“As mensagens que circulam como sendo de integrantes da Força-Tarefa da Lava Jato já acumulam diversas evidências de adulteração, além de serem produto de um crime cibernético. Os procuradores da Força-Tarefa e outros que seriam os autores das mensagens não as reconhecem como autênticas.
Os ataques deferidos contra a Lava Jato são inócuos porque a operação é sustentada com base em provas e está submetida ao crivo do Poder Judiciário, que já validou o trabalho desempenhado pela Força-Tarefa em diferentes instâncias.
Os procuradores que atuam na Lava Jato sabem do incômodo causado pela operação a pessoas ricas e poderosas. Não vamos nos acuar diante desses ataques e seguiremos cumprindo nossa função constitucional.”

Neste domingo (30) o povo brasileiro vai mais uma vez demonstrar todo o seu apoio ao embate travado contra a corrupção.

Todo apoio a Lava Jato.

da Redação

Comentários