PF prende mafiosos e recebe os cumprimentos de Moro: "Brasil não deve ser refúgio para criminosos"

Hoje em Praia Grande, litoral paulista, a Polícia Federal prendeu e irá deportar, membros italianos do "Ndrangheta", grupo com ramificações mundiais que é responsável por 40% de todo o envio de cocaína pelo mundo.

Esse pessoal estava morando no Brasil há quase duas décadas, um já havia sido preso em Portugal mas fugiu, vivia numa luxuosa cobertura na praia e entupia o nariz dos outros de coca, destruía famílias, vidas, planos, porque o comércio é assim, cruel! Para o traficante ganhar, os usuários têm que perder.

Mas no Brasil ficar do lado da polícia é coisa de idiota, de coxinha, de reaça... Esperto mesmo é quem defende a turma onde se reúnem traficantes e corruptos, isso sim é ser progressista hem! Uau...

Até você virar um adulto e ter um filho viciado. Ou você amarra em casa, ou interna na marra, ou, continua um progressista inteligentão e deixa teu filho cheirar todo patrimônio e, se não morrer de overdose, ele pode dever a vida para o traficante bonzinho que você defende.

Todo mundo é mais de esquerda até ter filhos jovens ou ter uma empresa, só fica esquerdista os senhores e senhoras funcionários públicos e super aposentados, esses podem militar pelo "progresso" enquanto durar o estoque!

Ninguém está livre da cocaína, nenhuma família ou instituição, assistimos o tráfico dentro das forças armadas algumas vezes no país, o ouro branco é tentador tanto para o viciado quanto para quem vende.

Ficar do lado desses oportunistas ou é imaturidade, ingenuidades ou pura ganância...

É ajudar a enterrar cada vez mais vítimas.

Parabéns a Polícia Federal pela grande baixa do lado do tráfico!

O país não pode mais ser um paraíso para bandido como foi nos últimos anos por identificarem-se com o governo.

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Comentários