A nova bomba é “gravíssima”: a produção de um vídeo contra a corrupção (Veja o Vídeo)

O novo diálogo, produto de roubo de mensagens de procuradores da Lava Jato, que, diga-se, não foi divulgado em sua íntegra, na parte que interessou aos bandidos, alardeado com enorme estardalhaço pelo decrépito Reinaldo Azevedo, revela Deltan Dallagnol consultando o juiz Sérgio Moro sobre a possibilidade da liberação de módicos R$ 38 mil reais para a produção de um vídeo de conscientização da população contra a corrupção.

“Se achar ruim em algum aspecto, há alternativas que estamos avaliando, como crowdfunding e cotização entre as pessoas envolvidas na campanha (artistas globais que fizeram o vídeo). Avalie de modo absolutamente livre e se achar que pode de qualquer modo arranhar a imagem da Lava Jato de alguma forma, nem nós queremos...”

O dinheiro não foi liberado, diz nota divulgada pelo ministro Sérgio Moro, esclarecendo que “jamais liberou qualquer verba ao Ministério Público para custear a campanha publicitária sobre as Dez Medidas Contra a Corrupção”.

Entretanto o vídeo acabou sendo produzido.

Veja o vídeo:

Logo, a dedução óbvia é que os procuradores, em mais um gesto patriótico, bancaram a produção.

Essa é a bomba!

Todo apoio a Lava Jato!

da Redação

Comentários