Zanin tenta desbloquear bens de Marisa, mesmo após juiz bloquear 77,9 milhões de Lula

Tudo por dinheiro!

Mesmo diante do bloqueio, em primeira instância, de mais R$ 77,9 milhões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os advogados do petista tentam em novo recurso, em segunda instância, desbloquear os bens deixados por dona Marisa Letícia.

A nova investida da defesa de Lula parece não ter o menor sentido e deverá ser indeferida pelo Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4).

Ora, o objetivo dos bloqueios é assegurar o ressarcimento do dinheiro roubado dos cofres públicos, logo, não teria o menor sentido um eventual desbloqueio dos bens da falecida.

Os advogados de Lula alegam que a lei protege uma pessoa do bloqueio de metade do patrimônio pertencente ao cônjuge. Logo, como dona Marisa é falecida, argumentam que a metade dos bens pertence ao espólio e deve atender aos herdeiros.

Porém, Zanin e sua trupe deixam de considerar que a própria dona Marisa também era ré em diversas ações.

Assim, em primeiro lugar deve estar o interesse da sociedade.

A pretensão precisa ser rechaçada.

da Redação

Comentários