Se a eventual nomeação de Eduardo fosse para a embaixada de Cuba não haveria reclamação

O “imperialismo” não é o inferno na Terra? Então do que os esquerdistas reclamam? Do Jair ter mandado o próprio filho para o “inferno”?

Ops... pera! Se o Eduardo Bolsonaro tivesse sido indicado para a embaixada em Cuba, os esquerdistas não falariam nada. Afinal, eles amam a socialista Cuba, mas, na verdade, pra eles o paraíso é o capitalismo dos EUA.

Então está sobrando hipocrisia nessa história.

Ah... O problema é ter indicado o próprio filho? Bom, se ele fosse ganhar a fortuna que um limpador de cocô de elefante ganhou sem trabalhar, aí sim seria um problema. Mas ele vai ganhar só o salário de Embaixador mesmo.

Comentários