A estranha generosidade do hacker para com Verdevaldo

Walter Delgatti Neto, o Vermelho, disse à Polícia Federal que repassou a Glenn Greenwald o material obtido criminosamente com a invasão dos celulares de Sérgio Moro de forma anônima, voluntária e sem cobrança financeira.

A PF, porém, apura que o grupo hackeava contas do Telegram e contas bancárias por dinheiro.

É uma generosidade tão grande quanto suspeita de Delgatti para com o fundador do The Intercept.

É ainda um apelo quase desrespeitoso à ingenuidade das pessoas: quem irá acreditar que um criminoso contumaz, com uma extensa ficha criminal, de repente, teria um surto de generosidade para abrir mão de informações tão valiosos de graça?

Devem mesmo acreditar que os peritos da PF nasceram ontem...

da Redação

Comentários